Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

segunda-feira, 25 de março de 2013

Curiosidade: winglets!

Nossa! O que será isso!? Após muitas dúvidas dos passageiros em minhas viagens por este mundo a fora, segue um esclarecimento simples desta "pontinha de asa" presente atualmente na maioria dos aviões comerciais modernos e até em alguns antigos.
 
O winglet é um componente aerodinâmico posicionado na extremidade livre da asa de uma aeronave, que tem por função diminuir o arrasto induzido (resistência ao movimento), relacionado ao vórtice (ar espiralado) de ponta de asa. Em geral, tem a forma de uma aba vertical ou inclinada para cima.
A ponta da asa normalmente forma um vórtice, que transfere para a aeronave barulhos e trepidações, além da perda de sustentação na parte final da asa. Com o dispositivo winglet, esse problema é amenizado. A redução do arrasto melhora a eficiência da aeronave, significando aumento da velocidade e economia de combustível (as companhias aéreas adoram esta parte e nós também). Atualmente, quase 100% das aeronaves de grande porte que saem de fábrica vem com winglets. Boeing 747 e Boeing 737 são exemplos de aviões com winglets (em algumas versões), do mesmo modo, todos os aviões comerciais da Airbus e da EMBRAER saem de fábrica com winglets. O dispositivo foi inspirado no voo de grandes aves. Para quem é de Belém, lá no Ver-o-peso vocês podem observar os urubus que na maioria do tempo não batem as asas mais voam por longos períodos com a ponta das asas para cima, diminuindo a resistência ao voo, poupando energia e permanecedno mais tempo no ar.
 
Primeiramente utilizado na década de 20 do século passado, ganhou apelo comercial com a Boeing que os chama de winglets, já a Airbus os chama de sharklets.

Mesmo em aeronaves de pequeno porte, podemos observar a quantidade de turbuência gerada pela asa, mesmo em baixas velocidades.
Avião da Azul que opera nas principais cidades da Amazônia. Podemos perceber nesta foto os winglets na ponta das asas.
Nesta aeronave da Gol, um Boeing 737-800 é facilmente visível os winglets.
 
Em breve, as novas aeronaves da TAM também virão com este dispositivo aerodiâmico!
 
Fotos: Google Imagens! Aeroin! Panorâmico! Azul!
Postar um comentário