Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

domingo, 21 de julho de 2013

Turismo Rodoviário e Aquaviário em descaso no Pará!

Uma penúria... dia 17/07/13 o Jornal Liberal 1º Edição, da TV Liberal, afiliada da TV Globo no Pará, veiculou uma reportagem no mínimo preocupante sobre o turismo rodoviário e aquaviário no estado. Sobraram situações de penúria de vigens rodoviários, ônibus de linha irregular, barcos precários e até denúncias oficiais da própria Polícia Federal. Vamos aos principais pontos da matéria:
 
A. Ônibus de turismo de parauapebans parado em blitz: um ônibus de turismo foi parado na Polícia Rodoviária de Teresina, no Piauí, e o festival de irregularidades começou pela documentação do próprio veículo de turismo, além da falta de Cadastur da Agência de Viagem organizadora e falta de um profissional Guia de Turismo (estes dois últimos fatos não levantados diretamente pela reportagem). Segundo a reportagem os passageiros embarcaram de férias para Fortaleza no Ceará.   

B. Empresas atuantes em Marabá prometem mais não cumprem: ar condicionado, viagens tranquilas, café e água, estes itens são prometidos aos passageiros que ambarcam em Marabá, mas ao chegar no local, além da rodoviária que nem pode ser chamada assim, os passageiros são lesados. Encontarm veículos precários, sem ar condicionados e nenhum serviço prometido.
 
C. Barco precário na linha fluvial Belém - Manaus: apesar de parte do problema portuário de Belém já esta sendo resolvido com a construção do novo Terminal Hidroviário (previsão de inauguração em 2014), o mesmo não se pode dizer das embarcações que fazem as viagens  pelos rios da região. Enferrujadas, com alimentação de baixa qualidade e banheiros sem as minhas condições de uso fazem parte da realidade de parte das viagens comerciais e regulares pela região.

Esta reportagem nos faz refletir sobre a atuação do Poder Público nestas questões. Por onde anda a fiscalização que é dever legal destes orgãos? Como fica o Turismo Rodoviário no Pará com a precariedade do transporte intermunicipal - afinal muitos municípios só são acessados via rodoviária? Muitas turistas sonham em vir a Amazônia e fazer o trajeto até Manaus nas embarcações locais, como fica o turismo fluvial com a precariedade destas embarcações?
 
Lembramos que o Pará, com mais de 7,5 milhões de habitantes, é um dos maiores mercados emissores e receptores de turistas da Amazônia tanto por via fluvial, quanto aérea e rodoviária, com a palavras os órgãos responsáveis pela fiscalização oficial na região:
 
ANTT - Agência Nacional de Transportes Terrestres
 
ANTAQ - Agência Nacional de Transportes Aquaviários

Paratur/Setur - Secretaria de Turismo do Pará

Ministério do Turismo

Ministério Público

Arcon

Procon
Postar um comentário