Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Flytour Viagens terá guias do Brasil na Europa e no Canadá

A Flytour Viagens fechou alguns acordos operacionais para oferecer guias brasileiros especializados nos circuitos para Europa e Canadá. Neste último destino, a empresa parceira local irá disponibilizar produtos direcionados às costas Leste e Oeste, que poderão ser visitadas em um único pacote ou separadamente.
“Por mais fluência que o turista venha a ter em outro idioma, é muito mais confortável fazer todo roteiro com um guia que fale sua língua, compreenda seus interesses e conheça a cultura local. Dessa forma, o cliente terá mais segurança e informação durante a realização do circuito que compõe a viagem”, argumenta a gerente de Produtos da empresa para as regiões da Europa, da África, dos Estados Unidos e do Canadá, Bárbara Picolo. 

Fonte: Panrotas

Comentários: durante alguns anos, até pela experiência acumulada dos viajantes frequentes, além da estruturação da atividade turística, focada no receptivo, o papel do Guia de Turismo Nacional/Internacional foi sendo posta de lado. Afinal para que vou pagar um profissional só para fazer o check in ou ir no avião com o passageiro? Com o novo momento vivido pela atividade turística, novos viajantes (inexperientes), reestruturação da oferta turística, etc; o papel deste profissional está sendo resgatado. Ressaltamos que por Lei (Federal 8.623) é atribuição deste profissional acompanhar, orientar e transmitir informações a pessoas ou grupos organizados no Brasil em viagens ao exterior (item "e" da Lei). O acompanhamento destes grupos por profissionais credenciados não é apenas uma questão legal, é um processo de melhoria do produto turístico, de segurança para o operador e melhores garantias de execução do roteiro; além disso temos:

A - O acompanhamento de um profissional Guia de Turismo corresponde a um custo entre 3 e 7% do valor de um pacote, ou seja, muito baixo, pelo trabalho envolvido: acompanhamento 24 horas de seu grupo para resolução de muitos problemas que, de outra forma, demandariam custos com centrais de atendimento e custos potencialmente mais elevados de atendimento, além da baixa percepção de qualidade do produto;

B - Profissional com domínio de outro idioma, acompanhando seu grupo para resolução de possíveis problemas que podem atrapalhar a viagem;

C - Com o crescimento nos fluxos de viajantes, em grandes aeroportos, onde os processos de conexões são demorados e complexos, com trocas de portão, por exemplo, quem irá orientar seu viajante? Caso ele perca o voo, quem estará lá para orientar e cobrar os direitos do mesmo?

D - Em viagens internacionais é comum passageiros perderem a documentação (Passaporte, RG, etc), quem dará este apoio ao viajante que não domina o idioma do local visitado?

Em fim, certamente, a percepção de qualidade do produto será muito melhor com o acompanhamento de um profissional qualificado, além da relação custo/benefício ser bastante elevada, ou seja, o valor pago pelo cliente num pacote pelo serviço de um Guia de Turismo tem um maior valor relativo do que o pago pela passagem aérea, por exemplo. Em termos de experiência, também podemos exemplicar da seguinte forma: uma passagem aérea pode custar até 40% de um pacote internacional e, muitas vezes, o cliente passará horas num lugar apertado, desconfortável e com comida ruim; já nos 5% médios com o custo de um Guia de Turismo, o viajante terá um profisisonal disponível, praticamente, 24 horas, que proporcionará informações, orientação, conhecimento e ajuda em caso de problemas, inclusive com a companhia aérea. Proporcionalmente, a experiência resultante com o Guia de Turismo será bem mais positiva, tendo em face os custos envolvidos.

Lembramos que todas as etapas da viagem contribuem para uma ótima experiência turística, apesar de o transporte ser apenas um meio (exceto cruzeiros) entre a origem e o destino do viajante.

Parabens aos operadores Flytour e CVC pela iniciativa.                  
Postar um comentário