Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

quinta-feira, 12 de março de 2015

Novos voos em Belém, Santarém e na Amazônia

O ano de 2015 já começou e promete trazer um intenso movimento ao Aeroporto Internacional de Belém e para outras cidades amazônicas, tanto em voos nacionais quanto internacionais, confira os destaques de novas operações para os próximos meses:

Os próximos meses, apesar da crise, devem ser de movimento intenso no Aeroporto Internacional de Belém.


Voos internacionais: Cayena e Paramaribo com companhias nacionais, Cidade do Panamá e Curaçao.

Copa Air Lines: a companhia panamenha deve iniciar suas operações na alta temporada de 2015, ou seja, a partir de julho deste ano. A expectativa de frequências deve ser de 3 a 5 voos semanais de acordo com a demanda.

Insel: após inciar as operações em Manaus, a empresa deve estrear em Belém em julho deste ano.

Azul: a companhia aérea após iniciar as operações para os Estados Unidos - Fort Lauderdale e Orlando, vai fazer sua estréia latina via Belém, ligando a capital paraense a Cayena na Guiana Francesa duas vezes por semana e com conexões para todo o país a partir de Belém e Campinas. Os voos serão operados conforme a seguir as terças e sábado:

Voo 8714 BEL 08h00 10h15 CAY
Voo 8715 CAY 11h00 13h20 BEL
Gol: deve ligar Belém a Paramaribo com frequências ainda não definidas.

Análise: atualmente, somente a Surinam do Suriname opera nestas rotas 4 vezes por semana com tarifas bem elevadas e pagamento somente a vista, o que reduz o número de possíveis viajantes. A partir do Brasil não é possível comprar os voos da companhia por meio do site por exemplo, o que restringe ainda mais a demanda. Em ambos os países, existem milhares de brasileiros residindo, além do Brasil ser um tradicional fornecedor de mão de obra para os dois países: Guiana Francesa e Suriname. Caso a concorrência se acirre, a Surinam poderá deixar de operar nas rotas, contudo os viajantes deverão ganhar em qualidade de serviço e facilidade de pagamento.

Voos nacionais: Santarém ganha mais um voo direto da TAM , Porto Velho ganha conexão com Manaus e a Sete ligará o Pará ao interior do Maranhão.

MAP: a MAP Linhas Aéreas do estado do Amazonas começaram em breve voos entre Manaus e Porto Velho, uma rota ainda pouco explorada pelas companhias aéreas e com grande fluxo de viajantes.

TAM: continuando uma séria de ligações diretas com importantes cidades amazônicas, a TAM deverá ligar Santarém no Pará a Brasília a partir deste ano, possibilitando melhores conexões para turistas e morados que visitam a região, além de diminuir os custos das viagens para este importante pólo econômico e turístico do Pará. Os voos deverão ser diários, exceto aos sábados.

Azul: a companhia aérea campinense deverá voltar a operar a rota Belém - Campinas direto, possibilitando conexões melhores com os voos internacionais da companhia, que atualmente opera a rota com escala em Belo Horizonte e Imperatriz.

Sete: o interior da Amazônia ganha força com a Sete Linhas Aéreas que deverá retomar um voo a muito tempo deixado para trás, para a cidade de Carolina no Maranhão. Conhecida pelas suas belas cachoeiras, a cidade há anos não era servida por voos regulares que devem ser retomados em breve, ligado o interior do Pará e este importante pólo turístico maranhense. O voo deve ligar as cidades de Marabá, Imperatriz e Carolina. 

Análise: o mercado regional tem mostrado um crescimento bastante importante, outrora funcionando como conexões alimentadoras de rotas nacionais, agora recebem operações próprias, como no caso de Santarém e Campinas. As ligações intraregionais, no caso da Amazônia, entre o sul, onde estão os estados do Acre e Rondônia, e o norte, onde estão os estados do Pará e Amazonas, ainda possuem poucos voos e de valores absurdos, mostrando um grande potencial a médio e longo prazos.
Postar um comentário