Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

O que irrita os comissários?

Vou ficar mais atento para não irritar nossos parceiros no turismo...

Estalar os dedos pedindo atenção. Levantar-se da cadeira assim que o avião pousa, antes que as luzes de atar os cintos se apaguem. Colocar malas demais no bagageiro de mão – ou reclamar da falta de espaço dentro dele. Falar durante as instruções de segurança. Atitudes como essas, comuns durante viagens de avião, estão entre os hábitos dos passageiros que mais incomodam os comissários de bordo. É o que mostra uma pesquisa realizada pelo site de viagens Skyscanner com 700 comissários de bordo de voos internacionais de 85 países. Com base nas respostas dos entrevistados, o levantamento chegou a um perfil “ideal” de passageiro: ele é homem, tem em torno de 30 anos, viaja sozinho a lazer, e não a negócios, e ocupa um assento da classe econômica.
É a primeira vez que o site faz um estudo com comissários de voos internacionais. “O resultado nos deu uma noção real sobre o que eles pensam dos passageiros. É interessante constatar que, para eles, o passageiro ideal é homem e que, enquanto a maioria de nós adoraria viajar de classe executiva ou primeira classe, eles preferem trabalhar na econômica”, afirmou Sam Poullain, porta-voz do Skyscanner.

Os hábitos dos passageiros que mais irritam os comissários de bordo:
26% - Estalar os dedos para pedir a atenção
13% - Sair da cadeira no fim do voo antes que as luzes de atar cintos se apaguem
11% - Colocar malas demais no bagageiro de mão
10% - Reclamar que não há espaço para a sua mala no bagageiro de mão
9% - Falar durante as instruções de segurança
8% - Pedir mais cobertores ou travesseiros
7% - Colocar lixo dentro do bolso do assento
6% - Pedir uma refeição diferente da que é servida
6% - Chamar o comissário pela campainha para reclamar da temperatura do ar condicionado
4% - Pedir uma marca específica de bebida

Fonte: Portal G1, com edição de Fabio Romero!
Postar um comentário