Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

terça-feira, 24 de julho de 2012

Aeroporto de Santarém: reforma em agosto!

A Infraero emitiu a Ordem de Serviço para o início das obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros e estacionamento do Aeroporto de Santarém/Maestro Wilson Fonseca, no Pará. Os investimentos para os trabalhos, que têm prazo estimado de execução de 300 dias, serão de R$ 6,3 milhões. O documento foi assinado na semana passada (quinta-feira, dia 19), e o começo das obras está previsto para o próximo mês.

O contrato prevê a ampliação da sala de desembarque e do saguão do terminal, assim como a construção de nova sala de embarque e adaptações para aperfeiçoar a acessibilidade do espaço para pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida. O estacionamento, por sua vez, terá sua área aumentada em 4,8 mil m².

As reformas incluem a substituição da cobertura e do forro do terminal, tratamento e pintura das paredes e revitalização das fachadas. Serão instaladas marquises metálicas, novos sanitários e nova sinalização no terminal de passageiros, estacionamento e nas vias externas. As instalações elétricas, hidrossanitárias e eletrônicas também passarão por modernização.

Fonte: Panrotas e Infraero.

Comentários: Ufa, o sufoco em Santarém está com os dias contados. Esperamos que as obras siguam no prazo previsto e para os próximos anos teremos um ótimo aeroporto para receber dezenas de turistas no interior da amazônia, possibilitando o aumento da demanda e do número de voos. Contudo, apenas uma ressalva, tanto em Santarém quanto em Marabá, assim como em Belém e Manaus, a Infraero precisa já considerar o aumento dos pátios de aeronaves. Conforme diversos estudos, estes aeroportos já apresentam, em alguns momentos do dia-a-dia operacional, saturação nos pátios, com falta de espaço para novas aeronaves, diminuindo as possbilidades de crescimento. Pequenos atrasos, causados por chuva e problemas no embarque, podem prolongar a estada das aeronaves, causando falta de espaço para os voos seguintes. Pergunta: como receberemos novos voos durante os grandes eventos sem espaço?   
Postar um comentário