Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

domingo, 20 de março de 2011

Obra da Copa em Manaus: Memorial Encontro das Águas


O governador do Amazonas, Omar Aziz, afirmou ontem (quinta-feira, dia 17) que vai executar o Memorial Encontro das Águas, projeto assinado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O local, projetado para uma área às margens do rio Negro, em frente ao encontro das águas, será utilizado para a instalação do Fan Park, um dos itens do caderno de encargos assumido pelo governo do Estado com a Fifa para a realização da Copa do Mundo de Futebol de 2014 em Manaus. A informação é do governo amazonense.

O projeto do Memorial Encontro das Águas custou cerca de R$ 600 mil e foi concebido em 2005, na gestão do ex-prefeito de Manaus, Serafim Corrêa, mas não chegou a sair do papel. Consiste em um conjunto arquitetônico no topo de uma encosta denominado Mirante da Embratel, considerada a melhor vista da cidade para o encontro das águas dos rios Negro e Solimões.

A parte superior do mirante é composta por um grande pavilhão em forma de oca destinado à exposição de espécies aquáticas da região amazônica, denominado Memorial das Águas, e no pavimento subsolo está projetado um mirante-restaurante, incrustado na rocha a uma altura de 40 metros, com vista panorâmica para o encontro das águas. Os Fan Parks são espaços oficiais da Fifa nas cidades sedes, onde os torcedores que não conseguem comprar ingressos para o estádio podem acompanhar os jogos e fazer a festa das torcidas.
De acordo com o coordenador da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa), Miguel Capobiango Neto, a ideia é construir o projeto de Niemeyer e, durante a Copa, adequá-lo com estrutura provisória para o Fan Park. “Encerrados os jogos, o espaço permanecerá como um parque público”, destacou Capobiango.

Comentários: A cidade de Manaus vem se preparando com obras de infraestrutura e novas atrações para receber os visitantes da Copa de 2014. Manaus, sem dúvida, será uma nova cidade após as ações estruturantes para a copa. A Amazônia toda ganha com o sucesso amazonense.

Fonte: Panrotas
Postar um comentário