Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Mosqueiro abandonada pela Prefeitura Municipal de Belém!

A ilha do Mosqueiro, a pouco mais de 70km do centro de Belém, já teve dias melhores. A bucólica, como também é conhecida, possuía ruas mais limpas, orla conservada e uma política de valorização turística, pelo menos na época do Carnaval. Atualmente, a ilha passa por um processo quase irreversível de degradação, com uma visão pouco empreendedora da Prefeitura Municipal de Belém, a ilha não passa por manutenção regular e os problemas se acumulam por todos os lados.

Infelizmente, a administração atual da Prefeitura Municipal de Belém não possui uma visão de conservação das ações feitas, após a inauguração de uma praça, por exemplo, não há uma cultura de manutenção dos espaços, o máximo que se faz é cortar a grama, isso quando os moradores reclamam. A situação, por exemplo, que esta a Praça da República é reflexo deste tipo de política, a Prefeitura, em vez de conservar os espaços, o que seria mais barato, espera uma deterioração geral para realizar alguma ação. Depois alega que precisa fazer uma licitação para reformar a praça, um absurdo, e lá se vão meses. E assim estão outros prédios e monumentos públicos, como a Praça Waldemar Henrique e o Solar da Beira no complexo do Ver-o-Peso.

Voltando a ilha do Mosqueiro, a mesma precisa de uma urgente valorização. Neste quesito, a PMB poderia se inspirar em algumas atrações turísticas, como a Estação das Docas, Mangal das Garças, Polo Joalheiro, entre outras, que estão há anos da mesma forma, sem grandes reformas, apenas recebendo a manutenção devida. Alguns registros do descaso com a Ilha do Mosqueiro, apesar de encantar dezenas de turistas:

A obra do novo trapiche sem data para começar, de responsabilidade do Governo federal. A obra tem visíveis sinais de abandono.

Por toda a ilha, a orla precisa de uma urgente revitalização, há pontos em quase todas as praias precisando de urgente atenção.

Uma ideia interessante seria a ilha ser administrada pelo Governo do Estado e transforma-la num polo pesqueiro e turístico. Nas mãos da Prefeitura Municipal de Belém, a ilha sobre com problemas de toda a ordem.
Postar um comentário