Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

domingo, 31 de janeiro de 2016

Miami mais cara que Nova Iorque!


A mais latina das cidades norte americanas, Miami, está se tornando uma das mais caras para o Turismo nos últimos anos. A impressão que alguns viajantes tiveram nos últimos anos, não foi somente devido a alta do dólar, mas também a uma série de fatores de desenvolvimento turístico e comercial da própria cidade. Apesar de atrair milhares de brasileiros anualmente, ser um paraíso de compras, possuir diversas atrações e ser uma das portas de entrada para o turismo sul americano nos Estados Unidos, a cidade possui uma longa tradição no turismo internacional, ou seja, as autoridades locais sempre viram na atividade turística uma potencial fonte de arrecadação de taxas e tributos, além do elevado nível de privatização das estradas e rodovias locais. Na Florida, entre Miami e Orlando, por exemplo, circular em carros alugados gera pedágios que podem custar até 20% do aluguel total de uma carro durante uma semana, dependendo do roteiro e do local de hospedagem.

Numa viagem recente, por exemplo, uma família gastou em 8 dias de carro alugado mais de US$ 50,00 dólares em pedágios locais. Segundo uma pesquisa do buscador Skyscanner, Miami é a cidade mais cara para viagens a dois, com duração de uma semana (Fonte: Panrotas):

Para uma pausa de sete dias na cidade americana, os viajantes podem desembolsar cerca de R$ 10.646, valor que inclui hospedagem em um hotel três estrelas e uma refeição para duas pessoas. Os fatores que mais encarecem a viagem são a hospedagem e a passagem área.

A segunda cidade mais cara de se visitar também está nos Estados Unidos e é Nova York, onde uma estada de sete dias na cidade mais cosmopolita do mundo saí por volta de R$ 9.713. As duas cidades americanas desbancaram Paris, que historicamente sempre foi conhecida pelo alto custo da viagem.

Mesmo com a taxa do euro mais alta e passagens áreas mais elevadas, Lisboa se sobressai como um dos lugares internacionais mais baratos para se viajar. E também como um dos mais buscados pelos brasileiros. A cidade portuguesa possui um custo de vida relativamente baixo e o idioma é outro atrativo para os brasileiros.

Entre as cidades da América Latina, o destaque positivo vai para Buenos Aires: a viagem para a capital da Argentina custa cerca de R$ 4.531. Já para as cidades brasileiras, o destino mais barato é São Paulo; os que visitarem a cidade desembolsarão por volta de R$ 2.487.

Segundo o Skyscanner, as simulações de preços foram feitas no dia 12/01/2016 e os preços médios das refeições foram pesquisados no site Numbeo.com.

Confira abaixo lista completa:


A situação atual de Miami serve de reflexão para gestores do Turismo em todos os países, de forma a evitar a diminuição da competitividade internacional de suas cidades.                                
Postar um comentário