Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Novo Terminal Hidroviário de Belém em 2014!

Em recente visita ao Galpão/Armazém 9 do Porto de Belém, pude constatar, juntamente com o trade turístico paraense, a evolução das obras do novo Terminal Hidroviário de Belém. As obras contribuem para a revitalização da área portuária de Belém, iniciada em 2001 com o Projeto Turístico da Estação das Docas. A obra, em fase acelerada, será inaugurada em 2014 e dará uma nova face ao transporte hidroviário na região. Passageiros com destino a Santarém, Macapá, Marajó (Breves, Soure e Salvaterra) e Manaus deverão ganhar mais conforto com a inauguração do novo terminal. A obra esta sendo executada pelo Governo do Pará com uma intensa participação do Secretaria de Turismo e da Paratur que tem levado as demandas do trade turístico aos executores da obra.
 
Atualmente, a área em frente ao terminal e bastante confusa, devido ao grande movimento de passageiros.

A Prefeitura de Belém deverá fazer as adequações necessária para melhorar o trânsito na área, como a retirada do canteiro central e nova sinalização.

Antes da inauguração, a obra já é uma atração, com uma bonita pintura na face externa. Poderiam adotar o mesmo processo na obra do Entroncamento, na estrada da cidade.

Área interna do piso inferior: sala de embarque e desembarque, praça de alimentação, área envidraçada com vista para a Baía do Guará, quiosques de informações turísticas e espaços de comercialização devem contribuir sensivelmente para uma melhor prestação de serviço no novo terminal.

Área externa em obras.

Local da futura Praça de Alimentação.

Área de acesso, bem maior que do atual terminal.

Vista do piso superior, que futuramente será aberta ao público.

A modernização do Galpão manterá a estrutura original de ferro, mantendo as características originais do porto.

Detalhe do piso, misturado a flocos de isopor, permitindo um melhor isolamento térmico do terminal, dando maior leveza a estrutura e contribuindo com o meio ambiente.

Postar um comentário