Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

TAN e LAN: ruim para o turismo!?

As fusões entre companhias aéreas são uma realidade inevitável. Custos elavados, concorrência, ampliação de mercado, entre outros, são fatores que levam as companhias a fusão ou compra das concorrentes mundo a fora. No Brasil, na última década, não foi diferente: a Gol comprou a Varig e a Webjet e a Azul a Trip. No mais recente movimento neste sentido, ocorreu uma grande fusão sulamericana, o Grupo LAN comprou a brasileira TAM, assim como adquiriu diversas companhias ou formou companhias próprias em outros países: LAN Peru, LAN Argentina, LAN Dominicana, entre outras.

Antes e durante o processo de fusão, os discursos variam muito pouco, mas um ponto em comum é que sempre será bem vantajoso para o consumidor/passageiro. Mais rotas, opções de horários, tarifas melhores, entre outros benefícios são anunciados para tentar convencer os viajantes que eles serão grandes beneficiados pelo processo. Na prática, quase nada disso ocorre. Vejamos o caso da Gol, eliminou sem maiores explicações a marca Varig e Webjet do mercado, parte das rotas e horários também e elevou as tarifas. Onde estavam todos aqueles benefícios?

As perspectivas para a fusão da LAN e TAM também vão neste sentido. Vejam alguns movimentos que mostram as mudanças da TAM que certamente diminuiram os benefícios aos consumidores/viajantes:

A; Alguns descontos tarifários, como para viajantes acompanhados por crianças em classe executiva já foram eleminados; 
 
B. Tam já anunciou o cancelamento das frequências diretas entre o Rio de Janeiro e Montevideo a partir de 2014;
 
C. A companhia já anuciou também que a estratégia será centralizar os voos no Aeroporto Internacional de Guarulhos, que será o grande hub internacional da Latam;
- Lá se vão parte dos esforços do governo brasileiro em descentralizar a malha aérea nacional e uma das raclamações dos turistas estrangeiros que vem ao Brasil, pois para qualquer região que vão do Brasil tem que passar pelo aeroporto paulista.

D. A TAM também já anunciou para breve o cancelamento dos voos Rio - Frankfurt e Rio - Paris;
- Voos concentrados, poucas frequências e apenas poucas empresas operando nunca significarm benefícios para o consumidor. Para efeito comparativo, automaticamente, o público carioca já vai paragar mais caro, pois além de perderem mais tempo tendo que voar a São Paulo, ainda etrão que pagar a tarifa de conexão recém criado nos aeroportos nacionais.

Certamente, ao avaliar as últimas medidas tomadas pelo grupo LAN no Brasil, elas não beneficiarão em nada os fluxos turísticos no Brasil. Esperamos que os voos recém anunciados, como Belém - Miami, seja mantidos.
Postar um comentário