Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

terça-feira, 30 de abril de 2013

Marabá, 100 anos, revivendo sua história!

 
Feita de buriti, balsa refez o percurso que os primeiros habitantes faziam. A viagem foi realizada em homenagem aos 100 anos da cidade.
Um dos meios de transporte mais usados nos rios da Amazônia na década de 70 foi reconstruído em Marabá, sudeste do estado. A balsa, feita com a palmeira do buriti, foi recebida com festa na cidade. A viagem foi realizada em homenagem aos 100 anos da cidade. A balsa foi esperada por dezenas de pessoas na orla de Marabá. Quando chegou foi muito aplaudida. Construída com talos de buriti, palmeira típica da região, a balsa refez o percurso que os primeiros habitantes faziam para abastecer o comércio local. Nos anos 60, as balsas eram o meio de transporte mais utilizado na região. Refazer o percurso tem como objetivo resgatar a história. "Era curioso porque a gente usando um veículo de cem anos atrás e os repórteres que estavam conosco usavam a informação de alta tecnologia porque as pessoas do mundo inteiro sabiam da balsa no mesmo instante que as coisas aconteciam. Então acho que é uma união entre o nosso passado e o nosso presente", conta Noe Vonatzingen, coordenador do projeto. Cerca de 25 pessoas participaram da aventura. Os tripulantes fizeram comida na própria embarcação. "Pra gente que trabalha com resgate de memória e história é muito emocionante, é muito importante. E nesse centenário de Marabá, então, sou privilegiada de participar de um pedacinho do resgate da história. Muito bom", afirma Katia Weirch, coordenadora do Museu de Marabá. A aventura durou nove dias. A balsa saiu da cidade de Estreito, no Maranhão, e percorreu 360 km nas águas do rio Tocantins até ancorar em marabá. Mesmo rústica, a balsa de buriti provou que mesmo com toda tecnologia, ainda é possível viajar nesse meio de transporte.
Postar um comentário