Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

domingo, 1 de abril de 2012

Cruzeiros no Brasil

A Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar) trabalha com a previsão de que o Brasil ultrapasse a Itália e ocupe o quarto lugar no ranking mundial do mercado de cruzeiros marítimos para a temporada 2011/2012. Atualmente, o País ocupa a quinta posição, perdendo em números de passageiros para Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha e Itália. “Teríamos potencial para crescer ainda mais se não fosse o custo Brasil, que tem deixado nosso País menos competitivo”, afirma o presidente da Abremar, Ricardo Amaral.
De acordo com a Abremar, 894 mil cruzeiristas serão transportados na atual temporada, que teve início em outubro de 2011 e terminará em maio deste ano. Veja abaixo o ranking segundo o Cruise Lines International Association (CLIA):
1° - Estados Unidos - 10,09 milhões
2° - Inglaterra - 1,56 milhão
3° - Alemanha - 1,22 milhão
4° - Itália - 889 mil
5° - Brasil - 792 mil (temporada 2010/2011) – dados da Abremar/FGV
6° - Espanha - 645 mil

Fonte: Panrotas e Abremar, 2012.

Comentários: A abrangência do estudo, segundo a Abremar, é dos portos dos estados do Ceará até o Rio Grande do Sul, ou seja, os portos amazônicos não entram na estatística, apesar de ter ocorrido mais de 20 mil cruzeiristas somente em Belém, na temporada 2011-2012, além dos milhares de cruzeiristas embarcados em Manaus, vindos do exterior em voos fretados para início dos cruzeiros no Amazonas, sem contar com o navio Ibero Star que realiza circuitos regulares o ano inteiro pelos rios Amazonas, Solimões e Negro. Pelo estudo, tem-se a impressão que na Amazônia não há este tipo de produto, talvez se a Abremar considerasse este público em seu estudo, os números já teriam superado ou pelo menos empatado com a Itália. Contudo, o estudo mostra que se arrecada muitos impostos com as operações portuárias e a situação é precária para recebermos passageiros na maioria dos portos brasileiros.
Postar um comentário