Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Comércio informal e a profissionalização!

Caros leitores, lidar com o comércio informal não é facil para qualquer agente público, quanto mais gente um evento atrai, mais trabalhadores informais aparecem: flanelinhas, vendedores de pipoca, refrigerante, cerveja, lanches, água de coco, algodão doce e tudo mais que agente possa imaginar. Aqui em Belém, a última moda são os vendedores de castanha do Pará, in natura ou pronta para embarcar, a preços que variam de R$ 15,00 a R$ 32,00 reais. Convenhamos que este tipo de comércio movimenta a economia e gera emprego e renda, uma vez que parte dos produtos vendidos são produzidos por empresas formais, mas sem a devida organização, polui fisica e visualmente o ambiente. Numa das atrações turísticas mais famosas de Belém, a Estação das Docas, tem proliferado todo tipo de negócio, a foto abaixo fala por si...
Comércio informal em frente a Estação das Docas, se não podem impedir, pelo menos poderiam padronizar!
Postar um comentário