Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Amazônia e Portugal: unidos pela gastronomia!

A Companhia Paraense de Turismo (Paratur) participa, em Coimbra, Portugal, do "Congresso Internacional de Turismo, Lazer e Cultura. Destinos, Sustentabilidade e Competitividade". O evento será aberto no dia 27, Dia Mundial do Turismo e segue até 29 deste mês, na Universidade de Coimbra. A participação do Pará terá como temática a gastronomia. Os preparativos, segundo Adenauer Góes, presidente da Paratur, já estão bem adiantados e estão sob o comando da Diretoria Geral de Marketing da Paratur e do professor Álvaro do Espírito Santo, da Angel Turismo e Eventos. Álvaro, que é professor do curso de turismo da Universidade Federal do Pará, atualmente faz doutorado em Coimbra e pesquisa justamente aspectos da gastronomia.
O "Congresso Internacional de Turismo, Lazer e Cultura. Destinos, Sustentabilidade e Competitividade" tem como objetivo incentivar diálogos entre a comunidade acadêmica, representantes políticos, investidores, sociedade civil organizada, entre outros que atuam na área do turismo. O evento também marca os 100 anos desde que foi realizado o primeiro congresso de turismo em Portugal, ocorrido em Lisboa no ano de 1911. A programação marca, ainda, as comemorações do Centenário da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (1911-2011), onde acontecem cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em turismo. A Paratur leva para o evento vasto material para a mostra gastronômica do Pará e ainda folheteria que destaca os produtos turísticos paraense, em especial o Círio de Nazaré. 
 

CTLC2011 COIMBRA

Diário As Beiras: O que tem a ver a sopa da pedra com a maniçoba da Amazónia

O que é a maniçoba? Apenas uma descendente miscigenada da “Sopa de Pedra” na Amazónia, Brasil, que faz parte de uma gastronomia original que agora procura Portugal para chegar aos restaurantes do mundo. Álvaro Espírito Santo, brasileiro (e amazônida), está a doutorar-se na Universidade de Coimbra com um trabalho onde procura evidenciar as singularidades da gastronomia amazónica, e ajudar a integrá-la no cardápio dos maiores chefes internacionais. Influenciada pela gastronomia lusa no tempo da colonização, o investigador entende que agora é tempo de procurar nos portugueses ajuda para se modernizar, incorporar tecnologias e novos conceitos, e contributos para a disseminar pela Europa e o mundo. “O contributo que Portugal pode dar para a cozinha contemporânea da Amazónia é
principalmente no aspeto tecnológico. Essa gastronomia tem a originalidade mas não conseguiu atingir patamares da alta gastronomia”, afirma, em declarações à agência Lusa.
Falta suporte internacional: Na sua perspetiva, falta-lhe o “suporte que os chefes internacionais têm na alta gastronomia, de conhecimento de técnicas e de composição de pratos”. “Através de Portugal poderia ter-se acesso a esse conhecimento sem perder a originalidade”, sustenta, frisando que as afinidades culturais do Brasil com Portugal poderiam contribuir para que este país também “fosse uma porta de entrada da cozinha amazónica na Europa, principalmente”. Afinidades culturais que, apesar de a cozinha amazónica ser aquela que melhor preservou a sua originalidade, se encontram por exemplo na “Maniçoba”, a “Sopa de Pedra” dos amazónicos. “A Sopa de Pedra portuguesa adquiriu na Amazónia uma característica que tem tanto influência indígena, como africana”, realça Álvaro Espírito Santo, professor da Universidade Federal do Pará. A influência africana está na utilização dos “miúdos” dos animais, pois eram os restos da “Casa Grande” do senhor colonial. A indígena revela-se
na substituição do feijão por folhas trituradas de “maniva”, uma mandioca brava. Os outros ingredientes, e a técnica de os juntar, são similares à portuguesa.

Fonte: Discurso Direto Profº Doutorando Álvaro Espírito Santo
http://www.uc.pt/fluc/cegot/ctlc2011coimbra

Comentários: Parabens professor Álvaro, certamente o Pará e a Amazônia estão muito bem representandos em Portugal. Esperamos revê-lo em breve com as novidades trazidas por sua pesquisa.
Postar um comentário