Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

sábado, 29 de janeiro de 2011

Curiosidades da Amazônia: Bacuri...

Caros leitores, ao escrever sobre este delicioso fruto, confesso que fiquei com água na boca, é um dos meus preferidos. O bacuri é um fruto tipicamente amazônico, ocorre principalmente na foz do rio Amazonas, sobretudo na ilha de Marajó, contudo há relatos de sua ocorrência nos estados nordestinos do Maranhão e Piauí, além de estados mais interioranos da Amazônia, como o Tocantins. A casca é amarelada, quase da espessura de um dedo, e a polpa é branca, a mesma que envolve a semente, quase similar a do abacate, em tamanho. O cheiro do fruto é inconfundível, dizem que dificilmente se consegue escondê-lo.
No Pará, o maior produtor da fruta, basicamente, extrativista, as receitas são as mais variadas, desde licores até cremes, passando por sorvetes e bombons. Dizem por aí que "quem foi ao Pará, parou, tomou açaí ficou", se não ficar pelo açaí, já comum em vários estados e países, garanto que pelo bacuri certamente ficará seriamente pensativo a cerca da possibilidade.
A árvore de porte médio a grande atingi até 35 metros de altura e é facilmente reconhecida pela inclinação dos seus ganhos em relação ao tronco, geralmente a 45º. A floração acontece nos meses de dezembro a maio, no auge do inverno amazônico.
Quem quiser provar as delícias feitas a partir do bacuri, pode passar em uma das sorveterias Cairu, em Belém (PA), além de supermercados que venda as geléias e polpas. Hummmmm!
Postar um comentário