Benvindo, Bienvenido, Welcome, Bienvenue, Wilkomen, 歓迎, приветствовать, الترحيب, 歡迎, Benvenuto, Καλώς ήρθες

domingo, 25 de abril de 2010

100ª Postagem: 8 anos do Ministério do Turismo

Caros leitores, para comemorar a 100ª Postagem do Blog este ano, publicamos uma postagem especial sobre os 8 anos do Ministério do Turismo:
1. Ministros:
- Valfrido dos Mares Guia: o mais atuante, o responsável por toda a estruturação do Ministério do Turismo a das respectivas políticas de turismo em andamento até os dias atuais.

- Marta Suplicy: a pior avaliada, responsável pela famosa frase “relaxe e goze”, durante o terrível caos nos aeroportos. A frase infeliz lhe custou o mandado e o que restava de prestígio político. Mas durante a sua gestão que nasceu o programa Viaja Mais Melhor Idade.

- Luis Barreto: o atual ministro continuou todas as políticas em andamento, não realizou mudanças significativas na gestão do Mtur. Na área estratégica, norteou as ações de marketing internacional para a América do Sul, de forma a atrair mais visitantes latinos.

2. Conquistas:
- Consolidação do mercado doméstico;
- Consolidação de novos destinos turísticos domésticos e internacionais, sobretudo no Nordeste Brasileiro;
- Pesquisas / séries sistematizadas para auxiliar no planejamento;

3. Novas tendências:
- O Ministério do Turismo está buscando focar na área social e de preservação ambiental, ou seja, seguir as tendências mundiais e nacionais, principalmente, em relação à responsabilidade social e sustentabilidade da atividade turística, daí nascem os programas de financiamento visando dar crédito para os novos viajantes;
- Parte do marketing da Embratur será destinado ao público latino, pois, segundo o atual ministro, é uma “área virgem” para a exploração;
- Maior fortalecimento do mercado doméstico;

4. Desafios e gargalos:
- Infraestrutura que trava um maior crescimento, sobretudo para o interior;
- Concessão de vistos;

5. O que ainda precisa ser melhorado:
- A captação da demanda internacional continua patinando nos 5 milhões de visitantes, muito pouco para o investimento feito;
- Consolidar, melhorar e/ou ampliar a gestão dos destinos turísticos, principalmente na Amazônia e Centro-oeste do Brasil;
Postar um comentário